29 de maio de 2006

Pois é, eu também fui convocado...

Confesso que nunca fui grande adepto de futebol mas é impossível nos dias que correm não saber que se vai realizar na Alemanha o Campeonato do Mundo de Futebol de 2006. Na convocatória dos elementos que vão fazer parte da selecção Portuguesa houve um nome que foi esquecido...o jogador que não foi mencionado chama-se Luís, joga no F.C. UTAD e em setembro também ele vai rumar para a Alemanha. A candidatura não revela grandes surpresas, afinal estamos a falar de um elemento de estatura média com caracteristicas atacantes que joga em práticamente em qualquer posição do terreno. São lhes reconhecidas capacidades como boa leitura de jogo (desde que não se esqueça dos óculos) e fairplay sendo que na época passada foi o jogador que mais jogos fez ao servoço da sua equipa...
Bem isto tudo é para dizer que estou de partida para a Alemanha no próximo mês de Setembro, desesperem os que me querem ver daqui para fora pois ainda vou cá andar uns mesitos...

4 comentários:

Anónimo disse...

Pois é, fico muito feliz com esta convocação. Sei que vai correr pelo melhor. Entretanto neste tempo que media a partida ainda muito trabalho há a fazer. Hehe

Anónimo disse...

Caro amigo e grd colega Luis Carvalho, mais conhecido na giria popular, cmo o "Ônze"...apenas te kero desejar mto boa sorte e q tudo corra da melhor maneira...sem duvida, é algo q se encaixa ctg e espero num curto espaço de tempo ouvir falar em mais um caso de sucesso no estrangeiro de um tuga, alias neste caso de um SERRANO:)...akele grd abraço cheio de amizade...Famalica

O Cantinhu do Pisko disse...

Poix é... eu vi logo que tinhas mt mais categoria k o quaresma!! eheh!! Vais fazer ver aos "tristes dos paises nordicos" o que é um bom portugues... Abraxo

exSTREAMist disse...

Caro Colega Luís Costa,

Muitos Parabéns pela convocatória!!!
Finalmente notícias sobre a selecção que realmente interessa... a equipa que se prepara para mudar a incompetência que assola este país. Não sei quem foi o seleccionador, nem sequer se é português, mas espero sinceramente que tragas de terras germânicas as ferramentas necessárias para ajudar a reconstruir este Portugal, ou pelo menos parte dele... Começando pelo Norte onde o mito da burka da interioridade tolda a clareza de ideias... sobretudo dos “Metropolitanos” que teimam em refugiar-se em solo transmontano com a máxima de que “quem tem um olho em terra de cegos é rei”, sem sequer se aperceberem de que “mais vale não ver de todo, do que ver só o que se quer”.

Um grande abraço e “viel Glueck”

The exSTREAMist.

Trans - Siberiano