29 de novembro de 2006

Carta de Armindo Monstro ao Pai Natal...

Armindo Monstro é um rapaz de 8 anos, esta é a carta que escreveu ao Pai Natal


Caro Pai Natal

Sou eu, o Armindo, lembras-te?

Estive contigo no ano passado no centro comercial da cidade e até me deste um rebuçado. Como vão as coisas contigo? As tuas barbas já cresceram mais? Eu lembro-me que o ano passado tiveste de usar umas barbas falsas…

Olha, estou-te a escrever porque este ano preciso de duas coisas, vê lá não te esqueçes como no ano passado, pedi-te uma bicicleta e tu mandas-te uma bola de futebol. A tua mãe não te ensinou a confirmares sempre duas vezes as encomendas.

Bem, este ano não quero brinquedos, só quero que me mandes de presente paz e sossego, achas que consegues? Os presentes não são para mim, são para oferecer.

A minha morada é Luislândia Rua do Moinho nº 42 Vila Real… É uma casa grande mesmo a seguir à ponte sobre o rio pequeno. Se não a encontrares pergunta na aldeia pela casa do José Monstro, todos conhecem.

Cumprimentos à família

Armindo Monstro

PS: Não uses a chaminé, não quero receber paz e sossego cheios de de cinza, usa a porta das traseiras que dá directamente para a cozinha, é mais fácil, a chave está debaixo do tapete...

1 comentário:

Pai Natal disse...

Meu Querido Armindo,
Eu nunca me esqueço dos meninos que falam cmigo, sobretudo akeles que me poxam pela barba... Não penses que me eskeci de ti no ano passsado: apenas te dei a bicicleta kd precisavas dela: Na Alemanha. A bola foi mt útil para o teu desenvolvimento físico. Kero-te dizer que este ano as tuas prendas vão ser substituidas por um presente de saudade e um bilhete de avião para Portugal. O mundo está cada vez mais inseguro por isso deixa tudo fechadinho menos os anexos: podes ate deixar umas fatiazinhas de presunto e akele vinho k os teus colegas beberam k estava guardado para kuando acabasses o curso... ;)
Um abraxo do teu amigo

P.S. - Tb vou dar uma bike ao teu amigo Pisko, axo k vai precisar...

Trans - Siberiano