24 de janeiro de 2008

Poesia no 606...

Que monotonia abrasiva,
Que vil tédio, que gelado frio.
Se ao menos o Mundo fosse metade,
Se ao menos o Atlântico fosse um rio.

Mas tudo é distância,
Tudo é além do além.
Se ao menos o tempo fosse comprimido
Se ao menos o espaço o fosse também.

Poderia então depois descansar

No abrigo que a tua voz tem...

1 comentário:

Isa disse...

Tão giro Luigi!! ;)

Trans - Siberiano