27 de novembro de 2007

O Sonho...


Até há bem pouco tempo tinha dois na minha vida. Agora só me resta um. Esta é a minha humilde tentativa para compreender o que é um Sonho…

Não deve haver obra poética, quer escrita quer oral, onde o conceito de Sonho não seja referido. A palavra Sonho é hoje usada tantas vezes que se perdeu o seu verdadeiro significado. Confundimos impulsos e desejos com Sonhos, misturamos sentimentos vazios e momentâneos com algo que julgamos ser eterno. Caminhamos pelas emoções rotulando-as de boas ou más e às vezes dizemos, por estupidez, Sonho com isto ou com aquilo. Depois o rótulo cai, a emoção vai-se, dizemos que afinal não era um Sonho, era outra coisa, mas não um Sonho.

Para mim o Sonho não é uma emoção, não é um sentimento, não é um impulso. O Sonho é uma vontade, é um Querer… Todos nós temos sonhos. Sonhamos com ideais e objectivos, apaixonamo-nos pelos Sonhos e vemos neles o alento para quando tudo à volta falha. Os Sonhos carregam algo que nos motiva, que nos incita à aventura, os Sonhos dão-nos energia. Einstein diz-nos que energia é matéria e eu digo-vos que os Sonhos por vezes morrem. Se os Sonhos morrem, isso quer dizer que alguma matéria que residia em nós se vai, desaparece. Ficamos mais pobres, arrancam-nos algo de dentro de nós que não sabemos explicar. Infelizmente os Sonhos não se substituem, não podemos arranjar novos Sonhos para substituir os que morreram. Cada sonho é uma fabricação divina única, insubstituível em forma e conteúdo.

É uma premissa básica da vida, os Sonhos nascem, crescem e morrem. Nunca sabemos muito bem como vamos reagir sempre que um desaparece. A nossa evolução deu-nos a arte e estas palavras com que vos escrevo, a nossa imaginação levou-nos ao espaço, a nossa história deu-nos uma identidade. O que nos deram os Sonhos? Os Sonhos deram-nos a base na qual todas as outras coisas estão fundeadas. Nem mesmo a Vida supera o Sonho como valor supremo, pois Vida sem Sonhos nem merece tal nome…

1 comentário:

Speeder_76 disse...

Já agora, parabéns pela nova roupagem do blog!

Segundo: dava jeito dares um salto ao meu blog para leres (e comentares, se quiseres) uma noticia perturbadora sobre o autódromo do Estoril. E já agora, assinar a petição que está por lá, cujo endereço coloco aqui:

http://www.PetitionOnline.com/Petiauto/petition.html

Um abraço!

Trans - Siberiano