21 de maio de 2007

O meu primeiro concerto Punk...

Que dizer? Penso que a imagem fala por si.

Uma sub-cultura que conhecia apenas pela música comercial que nos chega aos ouvidos. Depois de passar um tarde com esta "malta" descobri algo mais para além da straight forward music e dos penteados coloridos. Descobri uma forma de vida sem preocupações, liberal e instintiva, sem pressões de querer ser mais ou melhor que os outros. Enfim, um estilo de vida que no meu entender não é compatível com a sociedade de hoje, no entanto, é assim que os Punks são, alternativos em muitos aspectos. Perduram na sua originalidade, provocação e paixão, no fundo fazem-nos duvidar, no fundo mostram "another way", no fundo penso que por vezes gostaríamos de ser mais como eles... foi esta a principal lição do fim de semana...

Michu, lembrei-me bastante de ti...lol

4 comentários:

Tiago disse...

Ja assisti a um concerto punk e n faz mt o meu estilo! em relaxao ao estilo de vida deles, admiro e por vezes eh o estilo de vida k n me importava de ter, mas eh como dizes e mt bem: Incompativel com a sociedade em que vivemos....abraxo

Michu disse...

Desculpem que vos diga!
Mas eles é que a sabem!

Não deixam de fazer parte deste mundo. Andam cá como nós! Têm os mesmos problemas que os comuns dos mortais!
Mas simplesmente encaran-nos de uma forma bem diferente!

Vêm a vida e o que os rodeia, de uma forma natural.
Nao impregnada pelos canones que as ditas sociedades modernas tentam impor a todo o mundo.

O PUNK, para além de um estilo de muscia é uma forma de vida!

A dor de cotovelo chateia muita gente...

PUNK IS ALIVE!!!

Tiago disse...

A mim a dor de cotovelo nunca xateou, pelo menos por nesta materia... concordo contigo michu... e pelos vistos tb concordas comigo poix ainda n te vi adoptar o estilo de vida PUNK (pelo menos n vais de crista trabalhar)! pk sera? :P
abraxo

Michu disse...

Nem tudo se tem de reflectir...
A parte física da coisa é umas das componentes. Simplesmente para seres reconhecido entre os teus!

O pensamento é livre!
A tua forma de estar, e encarar as coisas, muitas das vezes não se compadece com exteriorizações físicas. Mas, no entanto, podes ser como eles...

Nada te impede!

E foi como já disse anteriormente, não precisas de te vestir como eles, para poderes estar no meio deles.

Por isso caro amigo Tiago, numa coisa concordamos, ser diferente pode ser imcompativel com a sociedade em que vivemos, mas se conseguirmos ser diferentes a nossa maneira, seremos sempre diferentes...

De mediocridade está o mundo cheio...

Abraço...

Trans - Siberiano