17 de julho de 2015

A day at the races...

Na verdade foram 3 dias. Apanhei cá um bronze sentado na bancada no fim da recta da meta! Assisti aos testes de sexta, as qualificações de Sábado e as corridas de Domingo. As bancadas nunca encheram por completo salvas duas ou três excepções. Nem o WTCC, sigla que não dizia quase nada ao Vila Realenses até ao passado fim-de-semana, conseguiu atrair pessoas a comprar bancada. Já as varandas e berma da pista estiveram muito concorridas. Vila Real pareceu-me completamente dividida. Do lado sobrevivente de circuito os cafés estavam cheios, as filas de carros perpetuavam-se a a animação não parava. Do lado "amputado" do circuito a vida corria como em cada fim-de-semana de Julho.

video

Passada a febre das corridas é tempo para Vila Real regressar à normalidade. Existe, penso eu, um pouco mais a fazer pelos expectadores. A informação nem sempre era fácil de encontrar e a segurança fora da pista demasiado limitadora da circulação dos adeptos. Penso que a organização fará agora a devida revisão que que correu bem e do que correu menos bem. Apesar dos inúmero elogios à pista, a verdade é só uma, não existiram ultrapassagens e as corridas foram monótonas. Nada que deponha o adepto de assistir, mas algo que compromete e de que maneira o espectáculo. Para o ano talvez haja mais, uma vez que ainda falta confirmar o calendário de 2016.

Sem comentários:

Trans - Siberiano